Notícias

Mais pesquisados:
  • DETRAN
  • PROCON
  • CURSOS
  • IDENTIDADE
  • IPVA
  • PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS


    CGE RJ promove seminário de Controle Interno


    Ascom da CGE RJ

     

    A Controladoria Geral do Estado (CGE RJ), que completa um ano de existência no próximo dia 15 de junho, promoveu seu primeiro seminário de controle interno, com o tema ‘Gestão de Riscos e o Controle da Administração Pública’. O evento, realizado em parceria com o Banco Mundial e o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), aconteceu nesta quarta-feira (5/6), no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE RJ). Participaram da abertura o secretário da Casa Civil e Governança, José Luís Zamith, o controlador-geral do Estado, Bernardo Barbosa, o presidente do Conaci, Leandro de Araújo Ferraz, e o subprocurador-geral do Estado, Reinaldo Silveira.

    O seminário reuniu profissionais da área de controladoria de todo o Brasil e discutiu a importância do trabalho de auditoria como suporte estratégico de tomada de decisão e governança e os principais desafios que enfrentam as organizações governamentais do país, no âmbito do controle interno.

    – A CGE, que tem a atribuição legal de implementar ações de integridade no âmbito do Executivo estadual, está trabalhando para recuperar a eficiência e a credibilidade do Rio. O controle interno é um aliado da boa gestão e uma defesa para o Estado e para a população – afirmou o controlador-geral, Bernardo Barbosa.

    O secretário da Casa Civil destacou o comprometimento do governador Wilson Witzel no combate à corrupção, citando a assinatura da Declaração de Transparência, Governança e Anticorrupção, elaborada pela CGE RJ.


    – Um dos marcos do novo governo foi, na posse dos secretários, todos assinarem um termo de compromisso garantindo que não haverá tolerância para casos de corrupção e desvios – declarou Zamith.


    Para o presidente do Conaci, Leonardo de Araújo Ferraz, eventos como esse mostram a importância da atividade de controle como um pilar do Estado democrático.    


    – Não há democracia sem controle, e isso podemos dizer desde a Revolução Francesa – disse Ferraz.

    Palestras


    A assessora da Controladoria Geral do Estado, Vanessa Boechat, iniciou o ciclo de palestras falando sobre o combate à corrupção e a promoção da integridade. O assessor especial da CGE RJ, Marcus Braga, foi o segundo palestrante e explicou o porquê de existir controle interno na esfera pública.


    – Fazer um controle que dialogue com o gestor, que traga qualidade de dados, que reverta em eficácia, eficiência e efetividade, está ligado diretamente com uma Administração Pública eficiente – explicou Marcus Braga.


    Também ministraram palestras no seminário o auditor da Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF) e chefe da controladoria setorial da autarquia Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Paulo Ribeiro Lemos, que falou sobre a implementação da gestão de riscos no setor público, e o auditor do Estado do Espírito Santo, Denis Penedo Prates, que apresentou um modelo de divisão de responsabilidades dentro do sistema de controle interno.