Notícias

Mais pesquisados:
  • DETRAN
  • PROCON
  • CURSOS
  • IDENTIDADE
  • IPVA
  • PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS


    Cedae realiza ações na Semana do Meio Ambiente


    Por Ascom da Cedae

    A Cedae está com uma ampla programação para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06). A companhia irá participar de 20 eventos relacionados à sustentabilidade durante esta semana, com destaque para a realização de palestras e a entrega de mudas florestais em diversas instituições.

     

    Todas as mudas são produzidas pelo programa Replantando Vida em sete viveiros da Cedae. Juntos, eles têm capacidade de produzir 1,8 milhão de mudas florestais por ano. São mais de 240 espécies da Mata Atlântica, como Pau-brasil, Ipê-amarelo, Jacarandá Caviúna e Sibipiruna, além de árvores frutíferas nativas como Jabuticaba, Grumixama e Jenipapo.

     

    A Semana do Meio Ambiente começou na segunda-feira (03/06) com o reflorestamento do Parque Fluvial do Rio Paraíba do Sul, no município de Pinheiral, no Sul Fluminense. Foram replantadas 1.500 mudas florestais no local. No mesmo dia, cerca de 50 mudas foram doadas à Escola Estadual Juscelino Kubitschek, da Faetec, no Jardim América.

     

    Nesta terça-feira (04/06), a Cedae participa da 3ª Jornada Ambiental de Nova Iguaçu, no Parque Natural de Nova Iguaçu, com a entrega de 200 mudas florestais. E ainda faz a doação de 200 unidades ao Arsenal da Marinha, além de palestra e distribuição de mudas em Angra dos Reis e Paracambi.

     

    Já nesta quarta-feira (05/06), data em que se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Cedae fará doação de mudas florestais ao Hemorio, em apoio à campanha Mulher + Solidária; ao município de Piraí, com a distribuição de 100 mudas; e à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

     

    Replantando Vida

     

    O Replantando Vida é um programa socioambiental idealizado pela Cedae para realizar o plantio de mudas em regiões de matas ciliares, nascentes, zonas de recarga e outras áreas que são vitais para garantir a qualidade e a quantidade de água nas bacias hidrográficas do estado, como os rios Guandu, Macacu e Paraíba do Sul.

     

    A iniciativa emprega mão de obra oriunda do sistema prisional estadual, oferecendo aos apenados uma oportunidade de trabalho, inclusão social e geração de renda. Cerca de 3 mil pessoas já passaram pelo Replantando Vida, que hoje disponibiliza 500 vagas de trabalho para diferentes atividades na companhia.

     

    O programa ganhou este ano pela segunda vez consecutiva o Selo Resgata, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, pelo trabalho realizado de inserção de apenados no mercado de trabalho. A iniciativa também já foi contemplada com o "Prêmio Firjan de Ação Ambiental", na categoria Gestão de Resíduos Sólidos, em 2017.