Notícias

Você está aqui: Início/Notícias


Ceperj e Proderj pretendem criar Universidade Corporativa


Representantes da Ceperj e do Proderj começaram a discutir na última semana a implementação da Universidade Corporativa CEPERJ-PRODERJ. O encontro reuniu a presidente da Ceperj, Márcia Andrade, o presidente do Proderj, Marco Vieira, o diretor da Escola de Gestão e Políticas Públicas (EGPP), Leonardo Mazzurana, e o vice-presidente administrativo do Proderj, Carlos Henrique Costa.

 

Fundada pelas duas instituições, a Universidade Corporativa se destinará a qualificar servidores do Governo do Estado do Rio de Janeiro envolvidos com a operação, planejamento, gestão e governança em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). O Proderj disponibilizará uma equipe de mentores e facilitadores em TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) e a Ceperj desenvolverá os currículos por competência para os cursos presenciais e à distância, além de incluir o programa em seu quadro de cursos, de forma contínua e por demanda.

 

A Universidade Corporativa Proderj-Ceperj será um espaço para conectar os profissionais do estado, desenvolver conteúdo, modelos de negócios, compartilhar aprendizado, e realizar eventos e seminários voltados para o treinamento e aprimoramento contínuo de pessoal alocado nas assessorias e demais setores de TIC das diversas Secretarias do Estado.

 

Segundo Mazzurana, será formulado um currículo em TIC, com uma estrutura completa de aprendizagem.

 

- O foco será em gestão de resultados, desenvolvimento de competências, cultura digital e trilhas de aprendizagem em TIC - explica.

 

Os campi terão lugar no Proderj e Ceperj, as qualificações e especializações serão oferecidas tanto para servidores quanto para o público externo que atue na área.

 

Márcia Andrade pontua que a Universidade Corporativa terá entre seus objetivos criar um ecossistema de inovação e aprendizagem.

 

- Criaremos uma rede de aprendizagem em TI e, ao mesmo tempo, desenvolveremos competências de gestão e liderança nessa área - destaca.

 

Tanto Márcia Andrade quanto Marco Vieira acreditam que a expertise de gestão educacional da EGPP associada à excelência do conhecimento em TIC do Proderj oferecerão ao Governo do Estado uma instituição diferenciada para a qualificação continuada de servidores dos diversos níveis da gestão pública em uma área de importância estratégica para governos da era digital.