Notícias

Você está aqui: Início/Notícias


Witzel destaca a importância do setor de óleo e gás


Por Julia de Brito
 
O governador Wilson Witzel participou, nesta terça-feira (21/5), do evento de abertura do CWC World Gás e Power Series: Brasil & The Americas Summint, no Copacabana Palace. Na ocasião, Witzel falou sobre o cenário de petróleo e gás no Rio de Janeiro, ressaltando sobre as oportunidades de investimentos para este ano. O Estado é responsável por mais de 70% da produção de petróleo e mais de 50% do gás explorado em território nacional.
 

– Este ano, teremos grandes oportunidades no Estado do Rio de Janeiro, como o BID do excedente da Cessão Onerosa, a 6ª rodada da partilha do pré-sal e a 16 ª rodada dos regimes de concessão. Já entre 2020 e 2021, estão previstas as 7ª e 8ª rodadas da partilha do pré-sal e as 17ª e 18ª  rodadas dos regimes de concessão. Apenas com estas etapas atrairemos investimentos na ordem de US$ 450 bilhões nos próximos 10 anos – ressaltou o governador.


Witzel afirmou ainda que a missão do Estado é reforçar a vocação natural do Rio de Janeiro para a geração de energia.


– Queremos potencializar a nossa vocação, a adequação da regulamentação, por vezes excessiva, e a supressão das deficiências da cadeia produtiva, a fim de implementar políticas públicas que favoreçam e otimizem a nossa exploração e o nosso beneficiamento de óleo e gás e a geração de energia – ressaltou.  


O governador reiterou o empenho do governo para melhorar as condições econômicas no estado, além de reforçar a segurança, para atrair investidores de diversos setores.


– Assumimos uma situação de caos financeiro e uma Segurança Pública fragmentada, mas em pouco tempo tenho a grata satisfação de dizer que estamos reduzindo sensivelmente o crime na nossa cidade e no nosso estado. Estamos proporcionando para a população melhores condições e também para empresas que aqui pretendam se instalar. Todas as empresas do segmento de petróleo e gás terão aqui um ambiente de negócios saudável, bem como companhias de outras áreas – disse.
 

Investimentos


Witzel também enumerou investimentos que já são realidade no Estado do Rio de Janeiro, como a inauguração da termelétrica GNA em 2021, que até 2023 gerará 3 GigaWatts/hora, somando US$ 2 bilhões de investimentos; a retomada e conclusão das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em especial do gasoduto e da unidade de processamento de gás; o Terminal Portuário de Macaé; e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Açu, área que abrigará multinacionais livres de tributação para a importação do seu parque fabril e a exportação de suas mercadorias.
    
 
Após a cerimônia de abertura, o governador visitou o estande da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, na feira.