Notícias

Você está aqui: Início/Notícias


Banco de leite do Hospital da Mulher completa três anos


Por Ascom da Secretaria de Saúde

 

O banco de leite do Hospital da Mulher Heloneida Stuart (HMHS) comemorou, no domingo (19/5), três anos de inauguração, mesma data em que é celebrado o Dia Mundial de Doação de Leite Humano. O serviço, criado para receber e armazenar doações de leite materno, é voltado para as puérperas internadas na unidade e também atende mulheres que queiram doar ou que tenham dúvidas sobre a amamentação. O leite doado alimenta os bebês internados no hospital, cujas mães não podem ou têm dificuldade para amamentar. No último ano, o serviço atendeu 1.035 mães, realizou 9,7 mil atendimentos e 55 visitas domiciliares, e recebeu 293 litros de leite para doação.

 

Nesta terça-feira (21/5), a unidade celebra a data com um evento que vai reunir homenagens e depoimentos de doadoras, além do lançamento de uma campanha de doação de frascos. Os interessados em participar podem juntar os recipientes de vidro com tampa de plástico, como pote de maionese e café solúvel, e entregá-los na unidade. Todo o material passa por esterilização para armazenar o leite doado.

 

Como é feita a doação?

 

A mulher que se oferece para doar seu leite e não está internada no hospital deve comparecer ao banco de leite da unidade para realizar uma consulta e fazer exames de sangue. Quando está apta, ela passa por uma capacitação para fazer a ordenha, que é a retirada do leite, e o armazenamento do alimento, para garantir sua qualidade.

 

Essas doadoras contam com um serviço de transporte que vai até suas casas buscar o frasco de vidro com o leite a ser doado. Quando completa o frasco com o leite, a mãe envia uma mensagem para a equipe responsável do Hospital da Mulher para agendar a coleta.

 

Quem pode doar?

 

Mulheres saudáveis que amamentam e não tomam medicamentos que interfiram na amamentação e na doação podem ser doadoras de leite materno. O leite das pacientes internadas é coletado na própria unidade com a ajuda de uma equipe multidisciplinar que atende as lactantes. Já as mulheres que doam em casa, a coleta é feita sob orientação do hospital. Não existe quantidade mínima para ser doada e a mulher pode realizar o procedimento quantas vezes quiser na fase de amamentação. Cada litro leite pode beneficiar até 10 bebês internados.

 

O leite materno é, de modo geral, o melhor alimento para o bebê nos primeiros meses de vida. Ele hidrata, nutre, sustenta e ajuda a reduzir em até 20% a mortalidade dos recém-nascidos. A recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é que o leite seja o único alimento do bebê até os seis meses de vida e que a criança seja amamentada até os dois anos ou mais.

 

Quem quiser mais informações sobre o banco de leite do HMHS pode ligar para o telefone (21) 2651-9675 onde profissionais do serviço orientam mães que tenham dúvidas sobre amamentação e informam sobre a doação de leite materno.