Notícias

Você está aqui: Início/Notícias


Detran.RJ transfere R$ 120 milhões ao DER para recuperação das rodovias estaduais


Por Carolina Perez

 

O governador Wilson Witzel participou, nesta quinta-feira (16/05), da assinatura da transferência de R$ 120 milhões do Detran.RJ para a Fundação Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), que serão usados na recuperação de seis mil quilômetros da malha rodoviária fluminense. Com a verba, será possível, entre outras ações, a pavimentação de rodovias, restauração e recuperação de pontes, passarelas e viadutos, além da sinalização e manutenção corretiva. A cerimônia, no Palácio Guanabara, contou com as presenças do vice-governador, Cláudio Castro, dos presidentes dos órgãos, além de outras autoridades.

 

- A parceria entre o Detran e o DER deixará um legado para o estado. A transferência deste recurso representa a melhora das nossas estradas, principalmente daquelas localizadas no interior fluminense, além de ser um reforço na campanha 'Detran Seguro'. É preciso prevalecer a função social do Estado e estamos realizando um rigoroso trabalho nos gastos públicos  – disse o governador.

 

O recurso de R$ 120 milhões faz parte do montante de R$ 200 milhões que o Detran economizou com a revisão de contratos desde o início da gestão. As obras, que estão a cargo do DER, vão contemplar todo o território estadual.

 

- Entre os destaques desta nova gestão do Detran, estão os servidores que trabalharam com eficiência para chegar a esta economia de cerca de 200 milhões de reais. Isso mostra a seriedade da gestão pública neste governo. Uma vez que investimos na manutenção das estradas estaduais, estamos salvando vidas, além de melhorar o escoamento de mercadorias. Segundo dados do DER, são cerca de três anos sem realizar a conservação da malha rodoviária e, a partir de agora, iremos retomar a manutenção e sinalização das estradas do Rio de Janeiro – frisou o vice-governador.

 

Retorno dos recursos públicos

 

O presidente do Detran.RJ, Luiz Carlos das Neves, ressaltou que a iniciativa é um retorno do uso dos recursos públicos para a população.

 

- Deixamos de gastar o que é supérfluo e, graças ao trabalho dos servidores e técnicos, pudemos fazer a economia e destinar parte dela ao DER, que fará o trabalho de recuperação das estradas. A segurança no trânsito faz parte do conceito do Detran – falou Neves.

 

De acordo com o DER, as obras devem ser concluídas em até dois anos e meio. Novas modalidades de contratação de serviços serão utilizadas, como, por exemplo, os pregões eletrônicos.

 

- Todo o estado será beneficiado com a recuperação e melhoria das estradas. Estamos com a expectativa de iniciar as obras em até 30 dias e, inclusive, teremos a malha rodoviária com sinalizações verticais e horizontais – concluiu o presidente do DER, Uruan Cintra de Andrade.